segunda-feira, 29 de setembro de 2008

CMBarreiro mantém taxa de IRS nos 5% e não aceita proposta do PS para reduzir para os 4%.

O executivo camarário da CDU decidiu manter inalteráveis os valores da taxa de IRS contra a vontade do PS em reduzir para os 4%.


Justificando que existe o compromisso acordo estabelecido entre “todos os municípios da Junta Metropolitana de Lisboa”.

Perguntamos, será cartel?

Podendo a autarquia decidir entre uma fixação entre os três e os cinco por cento, a oposição socialista reivindicou uma redução de um por cento na participação a que tem direito no IRS dos cidadãos com domicílio fiscal no Barreiro.

domingo, 28 de setembro de 2008

sábado, 27 de setembro de 2008

Não percebemos!?? Então quem levantou a questão do QREN não foi o PSD?

PSD Barreiro comenta moção de censura “Não passa de folclore político pois em nada beneficia o nosso concelho”

Parece-nos que se estão a acomodar um pouco quando até tinham estado bem com a questão do QREN, o que quererá isto dizer... será que...?

Concordamos!

Assembleia Municipal do Barreiro – Bloco de Esquerda Expressa discordância face à forma como a CMB tem fiscalizado a obra na Avenida Alfredo da Silva.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Concordamos e não abasteceremos também!


Vamos fazer o nosso papel de consumidores e seguir o apelo da Defesa do Consumidor - DECO, para que:

NINGUÉM ABASTEÇA COMBUSTÍVEIS NO SÁBADO!

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Taxas Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI)

Aguarda-se então que tenham disponibilidade, na CMB, para fazer o levantamento dos prédios devolutos e aplicar a lei!

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Será que traz mais moradores para o Barreiro? Será que os prédios serão melhorados?

Então o que pensa a Câmara em fazer para angariar novos moradores?

E já agora, em relação aos que por cá estão, fora do Barreiro velho? Quais os benefícios?

Terá de ser melhorada muita coisa no Barreiro para aumentar a sua população que tem descido nos ultimos anos. Só esperamos que estes benefícios tenham efeitos práticos e não sejam uma forma camuflada de manter os edifícios degradados sem responsabilizar os proprietários.

Para os prédios devolutos não deviam ser penalizados os proprietários?

Uma outra medida preventiva seria que a câmara cumprisse o dever que lhe é consignado no Decreto-Lei nº 159/2006 de 8 de Agosto, no sentido de executar o levantamento dos fogos devolutos e aplicar-lhes o agravamento de 100% na taxa do IMI.

Além deste agravamento, o código do IMI prevê que “Os municípios, mediante deliberação da assembleia municipal, podem majorar até 30% a taxa aplicável a prédios urbanos degradados, considerando-se como tais os que, face ao seu estado de conservação, não cumpram satisfatoriamente a sua função ou façam perigar a segurança de pessoas e bens”.

São justamente estes dois aspectos que propomos ao executivo que passe a aplicar: numa primeira fase penalizar em sede de IMI os prédios devolutos e degradados, e em segundo lugar iniciar o processo de expropriação dos prédios degradados, cujos inquilinos não respondam às notificações para procederem às necessárias obras de reabilitação.

Sublinhe-se ainda que é o Decreto-Lei anteriormente citado que estabelece a conexão entre prédios devolutos e degradados ao afirmar que a iniciativa legislativa em causa “permite responsabilizar os proprietários que não asseguram qualquer função social ao seu património, permitindo a sua degradação, através da penalização em sede fiscal dos proprietários que mantêm os prédios devolutos”.

sábado, 20 de setembro de 2008

Concordamos!

Concordamos com esta proposta apresentada pelo PS à CMBarreiro no dia 18 de Setembro!

Mas há mais propostas que se podem fazer neste sentido. Do que estão à espera?

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Segure-se quem puder!


Margem Sul: Jovens brasileiros das favelas promovem violência


Uma onda de violência que tem vindo a crescer na Margem Sul do Tejo tem como protagonista um grupo de jovens, provenientes das favelas brasileiras, com cadastro, a grande maioria ilegal em Portugal, que tem como lema de vida a violência e que se diz «sem passado nem futuro».



Segundo avança a edição desta sexta-feira do Correio da Manhã, os jovens, com idades entre os 19 e os 22 anos, dizem-se membros do «Primeiro Comando de Portugal», um clone de uma organização criminosa, o «Primeiro Comando da Capital», criada nos anos 90, no Brasil, por um grupo de presos em São Paulo, que tentava combater o sistema prisional através da violência.
Muitos deles a residirem no nosso País com compatriotas, a Internet é o veículo que mais utilizam para fazer passar a sua mensagem, afirmando, no site do grupo, que não gostam de livros, ouvem música rap e que «não têm passado, nem futuro».



quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Triste demagogia política! Não concordamos com este tipo de política!

Não entendemos o "outdoor" do PSD junto do cruzamento dos Galitos. Esta forma de fazer política não faz sentido e é de todo sensacionalista e populista!

Atraso na Ponte (TTT) Barreiro-Chelas

Segundo noticia do Jornal de Negócios de hoje devido a atraso na avaliação de impacto ambiental não será lançado o concurso em Novembro do corrente ano!

Isto para o lado do Barreiro tá enguiçado






segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Começam a aparecer algumas denúncias na Comunicação Social

Obviamente que, o facto de estar à vista de todos, que a Higiene Urbana no Barreiro não tem os melhores resultados, logo os cidadãos entendem ser necessário denunciar, tal como o faz este cidadão do Alto Seixalinho, no Jornal Rostos, Vejam o Link:

http://www.rostos.pt/inicio2.asp?cronica=110715&mostra=2

Realmente este é daqueles Bairros que necessita de uma profunda intervenção. Mas o Bairro das Palmeiras , a Verderena, a Quinta da Lomba, o Lavradio...

domingo, 14 de setembro de 2008

A partir de agora vou para o Parque da Bela vista!

Meus caros, bem sei que há aqueles que gostam, os que não gostam mas..., vá lá concordem que é, e será, um marco na história da música!

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Higiene urbana no Barreiro (continuação)

Hoje publicamos aqui mais um caso, que não é de agora, mas por ser recorrente, também fazemos questão de mostrar, até porque os nossos leitores acharam que o deviamos fazer. Confirmaram mesmo que já tinham reclamado para a Amarsul, Junta Freguesia do Lavradio e CMBarreiro.

Costuma acontecer nos Fidalguinhos.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

São apenas 4 minutos de filme.Vale a pena ver!

Foi feita uma sugestão para que publicássemos posts sobre a higiene no Barreiro. Pois bem!
Hoje damos início com este primeiro video.



video

terça-feira, 9 de setembro de 2008

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Será que ninguém vê? Ou não quer ver?

Na semana passada na via rápida do Barreiro(IC21) foi realizada uma fiscalização de trânsito pelas autoridades de controlo da velocidade, entre o cruzamento dos galitos e o cruzamento do Hospital. Muito bem!
Mas ali bem perto, desde Maio deste ano, existe uma bomba de gasolina da Esso, em que o acesso a esta é feito de transgressão, pois raro é o veículo que não pisa o traço continuo!

Ao que parece ninguém, ainda, ali foi autuado, porque será?



Este é um exemplo, o traço é contínuo!

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Nos ultimos dias têm surgido muitas notícias na comunicação social a nível NACIONAL sobre o presidente da CMBarreiro! Porque será!



Esta notícia diz ser sobre "transparência pública"!

Embora aqui no Fábrica do Sal se discorde de algumas políticas e trabalho desenvolvido pelo Presidente Carlos Humberto, achamos que esta forma de fazer jornalismo não é muito profissional!

  • Por acaso os leitores querem comentar?

(Mas não havia necessidade do Jornal Rostos ser o seu advogado de defesa!!!) Clicar no título do post.





quarta-feira, 3 de setembro de 2008

As declarações de responsáveis autárquicos, Presidente e Vice Presidente da CMBarreiro!

"A responsabilidade política do que se passa na Câmara é do presidente. O cidadão Carlos Humberto não anda a brincar aos 'cowboys', o cidadão Carlos Humberto é membro do PCP e não é perante problemas ou invenções e factos políticos que alguns querem criar que me levariam a demitir", sublinhou.
O autarca explicou que à excepção de alguma razão extraordinária, como problemas de saúde, jamais se demitiria.


"Tenho um imenso respeito pelo povo do Barreiro e pelos cargos institucionais que assumo. Acho que quem faz afirmações dessas não tem consciência do que anda a dizer. Mas como a procissão ainda vai no adro, eu ficaria por aqui,", afirmou.

O vice-presidente da Câmara do Barreiro, Joaquim Matias, também visado por algumas críticas, respondeu no mesmo tom.
"Acho que esta questão é profundamente política e dou também uma resposta política. Eu também sou militante do Partido Comunista Português"", afirmou apenas.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Será isto normal vindo de um responsável Autárquico!?

Como diz uma música do António Variações "...É para amanhã bem podias fazer hoje..."

Porque não ponderaram que a existência de alguma falha podia comprometer a entrega da candidatura?

Que responsabilidade é esta?